Dicas de Aruba

Viagem a St Barthelemy (ST BARTHS)
07/07/2012

Dicas de Aruba

Dicas de Aruba

Neste post iremos falar de nossa viagem a Aruba, esperamos que gostem.!! Nossa viagem começou em Vitoria (ES) e  o nosso vôo saiu bastante atrasado com destino à São Paulo, para então embarcarmos com destino a mais uma aventura neste paraíso caribenho! O vôo foi super tranquilo, viajamos pela Copa Airlines num Boeing 737-800 de última geração, com direito a telas individuais na poltrona.

Vale ressaltar que ano passado, em nossa viagem a Saint Marteen o avião era bem mais antigo e menos confortável. Nosso primeiro destino seria a Cidade do Panamá, que ultimamente tem sido escala de muitas rotas que tem como destino final os EUA, mas no nosso caso, o destino era uma ex-colônia holandesa, de águas cristalinas e muitas surpresas.

Após um voo breve partindo do Panamá, chegamos ao nosso destino, e mesmo estando cansados, só o fato de ver aquelas águas claras já deu uma emoção muito grande em nós e o desejo de estar ali sendo realizado.

A ilha de Aruba é pequena, com aproximadamente 30 Km de extensão de norte a sul, localizada a apenas 20 Km da costa da Venezuela, portanto bem próxima da América do Sul e consequentemente do Brasil. Tivemos um contra tempo com o transfer para o nosso hotel, o The Mill Resort, pois não levamos os vouchers….mas tudo foi resolvido depois de uma boa conversa e embarcamos no ônibus de uma das duas únicas empresas de turismo e passeios de Aruba. Chegamos ao The Mill Hotel, fizemos o check-in, arrumamos as nossas malas no quarto e descemos para conhecer um pouco o nosso hotel e a área no entorno.

Na verdade tudo é perto em Aruba, é um lugar seguro, onde ainda pode-se caminhar com segurança.

The Mill Hotel

O hotel que nos hospedou em Aruba, não estava de frente para a praia, não tem 5 estrelas, mas fica bem perto e tudo também, das praias, da muvuca da ilha e ao mesmo tempo não escutamos o burburinho da noite, mas temos a tranquilidade de dormir a noite em um hotel muito tranquilo, bem confortável e limpo. Claro, nada comparado a um RIU ou Marriot, mas para quem passa o dia inteiro na rua andando e visitando os lugares e usa o hotel praticamente como dormitório, estava ótimo!

Bem centralizado,situado  na área hoteleira em Palm Beach, pertinho dos bares , restaurantes e dos Shopping Plaza e Passeo Herencia, com piscina, um excelente café da manha e atendimento primordial, com gincanas, sorteios e brincadeiras durante o dia, tudo foi maravilhoso na nossa estadia em Aruba.

Um detalhe que eu reparei no hotel e achei muito interessante, é a união da natureza com a rotina. Como é uma ilha muito povoada por iguanas, elas andam a vontade pelos lugares, sem importunar e muito menos serem importunadas pelas pessoas, muito bonitas, mas ariscas também.

Junto ao hotel tem uma empresa de locação de veículos, e foi ali que alugamos um carro por dois dias para poder dar uma volta em alguns lugares da ilha que não são acessíveis por ônibus.

Praias

Palm Beach

Instalados, fomos conhecer as praias mais próximas ao hotel, a primeira foi Palm Beach, cheia de atividades aquáticas para se fazer, é uma praia bem divertida. É nesta praia que ficam situados os principais hotéis da ilha, bem como os bares e restaurantes mais badalados.

Palm Beach tem um pier onde existe um bar muito bem transado. Ali é possível comprar cervejas, colocar em um balde e levar para a praia, sem problemas. Depois, basta devolver o balde. Existe escola de mergulho, aluguel de barracas e cadeiras, passeio de lancha e muitos, muitos esportes aquáticos radicais. Diversão garantida para todas as idades e gostos.

Baby Beach

Uma das praias mais lindas de Aruba chama-se Baby Beach. Para chegar lá, somente de carro ou ônibus de excursão. Só tem barracas e cadeiras para alugar, média de US$ 10 por cadeira e US$ 20 por barraca e apenas um quiosque para compras de bebidas e comidas. Lá, o bacana é fazer snorkel, a água é rasinha, quente e a cor transparente.

 

A praia de Arashi Beach é bem bacana , tem uma água espetacular e totalmente transparente. Ainda é possível fazer um pouco de snorkel, mesmo sem mascara da para ver,  pois a água é muito clara. Uma outra praia bem legal é a Eagle Beach, vizinha de Palm Beach, também com areia branquinha, só que é um pouco mais agitada. Praias lindas… visual show!!

Onde comer e baladas

Além das belas praias e paisagens sensacionais, Aruba conta com excelentes opções gastronômicas. Como não poderia deixar de ser, os peixes e frutos do mar são os pratos mais típicos, mas existem opções para todos os gostos. Vamos comentar um pouco sobre os restaurantes que frequentamos:

Palm Beach:  Existem diversas opções nas ruas atrás dos hotéis, desde restaurantes simples aos mais requintados até lanchonetes. Como somos descendente de italianos, fomos primeiramente em um italianíssimo chamado Giannis, um espetáculo, a comida é maravilhosa e pasmem…não é caro!(US$22,00) Um delicioso spaguetti no queijo parmesão, simplesmente sensacional!

Outro lugar bacana para descontração é o Señor Frogs!! Apesar dos preços das bebidas não serem baratos, vale a visita pela alegria dos seus colaboradores! Toda hora tem uma competição, que pode envolver os homens ou mesmo as mulheres, e é muito show, vale muito a pena. Tem uma loja da própria marca anexo, e vale a pena comprar um gift para recordação.

Outro barzinho bacana é o Smoke Joes. Sempre cheio! Comida mexicana! Quem gosta de comida bem temperada é a pedida certa.

Em Oranjestad: Existem vários restaurantes bons! Aqui, nós citamos um em especial, que adoramos.

The Old Fisherman : É um restaurante de frutos do mar, onde se come maravilhosamente bem. Um prato para duas pessoas, com 2.2 pounds (1 quilo, aproximadamente) de camarão grelhado na manteiga custa a bagatela de US$42,00 (digo bagatela amigos, pois se tratando de Aruba a comida é cara). É muito camarão! O que deixa a desejar é que vem uma(!!!!!) meia porção de arroz, um pouco de batata frita e uma fatia de banana frita. Se preparem também para os preços das cervas, quase todas em long neck ao preço de US$ 3,00 à US$ 5,00 cada garrafinha! Carinhas, não??!! melhor nem ficar convertendo.

Além deste, existem vários outros restaurantes também:

– Driftwood

– El Gaucho Argentine Grill

– Cuba´s Cookin  (Wilhelminastraat, 27) – especializado em comida tipicamente cubana

– Que Pasa? (Wilhelminastraat, 18) – comida internacional em um ambiente bem colorido e artístico.

– Yemanja Woodfire Grill (Wilhelminastraat, 2) – pratos feitos no forno à lenha.

Para finalizar nosso post sobre este assunto, um comentário e uma sugestão, é que como todos os hotéis são em padrão americano, ou seja, tem cozinha completa e frigobar, sugerimos que não deixem de ir ao supermercado mais próximo para fazer compras de lanches e bebidas para as emergências, e aproveitar e dar um pulo na seção de higiene pessoal e comparar os preços dos cosméticos, principalmente os caros aqui no Brasil (Neutrogena, Loreal, Nivea), pois vale muito o preço que eles cobram, mesmo convertendo com o dolar a 2,22. Se o preço estiver em Florin de Aruba, basta acrescentar 10% ao preço para transformar em Real.

Passeios em Aruba

Além das belas praias, Aruba oferece uma série de passeios bem interessantes. Para começar, vamos falar um pouco da capital Oranjestad: É possível visitá-la de ônibus público ou de carro alugado, já que é muito tranquilo estacionar no centro.  A cidade é pequena e existem dois locais bem turísticos.

Essa área tem alguns pequenos shoppings coloridos ao ar livre e também umas barracas vendendo todo e qualquer tipo de lembrancinha e artesanato da ilha. Os principais shoppings são o Royal Plaza Mall e o Renaissance Mall. São bem bonitos, mas as lojas fecham muito cedo (18:00 hs) já que são praticamente dedicadas aos passageiros dos cruzeiros, que partem no inicio da tarde.

O outro passeio bacana é visitar o California  Lighthouse, um farol no extremo norte facilmente acessível de carro, cujo nome foi dado em homenagem a um navio afundado bem próximo do local no final do século XIX. Não é possível subir no farol, mas como ele fica no alto de uma colina, você tem um visual bacana da ilha e do mar.

Existem vários passeios oferecidos pelas agências locais, só que não são baratos, porem são bem interessantes e imperdíveis. Nós fizemos alguns e seguem os comentários do que fizemos :

Atlantis Submarino : Foi uma experiência maravilhosa de obter uma visão de perto da vida marinha ao mergulhar a uma profundidade de 150 pés (50 metros). Vimos muitos cardumes coloridos, moréias, arraias e dois navios submersos. Preço do passeio: US $100,00.

 

Sea Trek : É uma deliciosa experiência subaquática, aonde se caminha numa passarela a 8 metros de profundidade. Alimentamos peixes coloridos, e observamos um ônibus e um avião submersos. Preço do passeio: US$47,00.

De Palm Island: É um passeio de meio dia ou dia inteiro. Preferimos ficar o dia inteiro para poder fazer todas as atividades da ilha, como: Sea Trek e Snuba (pagos a parte), snorkel, banana boat , parque aquático e é claro pegar um sol naquela ilha deliciosa de águas claras e calmas onde é possível alimentar os peixes e tirar fotos lindas de peixes com uma simples câmera submarina ( a nossa é para 3 m de profundidade). Preço do passeio: US$120,00.

Butterfly Farm: Foi bem bacana conhecer uma fazenda de borboletas e entender um pouco sobre esses insetos. Informamos que como o local é todo cercado de telas bem finas, o calor é muito intenso e é bastante abafado também, mesmo com borrifadores de água espalhados. Preço do passeio: US$15,00.

Passeios de Barco: Duram cerca de 4 horas e meia, parando em três pontos para mergulho. Nós não fomos, pois já havíamos feito no ano anterior em St Marteen.

Jeep Tour: Este passeio você entra em um Jeep 4×4 e percorre vários paisagens da ilha de Aruba, como ruínas, capelas, farol, etc. Também não fizemos, desta vez porque ela não gosta de passeios com muita “aventura”.

Todos os passeios na ilha podem ser feitos por duas empresas de turismo locais, sendo a mais conhecida a De Palm Tours. Porém, achamos melhor alugar um carro (KIA Picanto por US$52,00 a diária com taxas) durante um dia apenas para podermos conhecer alguns locais aonde os ônibus (ARUBUS) de linha não chegam. Andar de ônibus circular é bem barato e você percorre quase toda a ilha (US$2,30 ida e volta), eles passam em frente aos hotéis com intervalo de 15 minutos, e nos finais de semana passam a cada 30 minutos, porém só de carro ou de ônibus de turismo para se chegar à praia de baby beach (norte da ilha). Se quiser alugar um carro tipo 4 x 4 pode ainda chegar a outros lugares como as cavernas e algumas praias reservadas. Ficamos na vontade de alugar uma moto, tendo em vista que o Rodrigo é apaixonado por motos, e na ilha, tem uma loja oficial da marca Harley Davidson, só que o susto foi grande, pois estavam cobrando a bagatela de US$ 185,00 (isso mesmo que vocês leram, cento e oitenta e cinco dólares) pelo aluguel de uma Harley pelo período de 8 horas…..absurdo não acham ?? mesmo sendo uma Harley. A loja também não tinha quase nada para vender, e o mais engraçado foi encontrar bonés da marca, acreditem, na cor LARANJA, e calças que COMEÇAVAM com tamanho 50! Menor que estes, eles nem vendiam. Quem quiser uma loja da Harley, vale muito a pena quando for passear em St. Marteen, lá sim, vale muuuuito a pena.!

Vale lembrar que na área hoteleira existem outros dois shoppings (Paseo Herencia e Marketplace), tendo o primeiro diariamente as 20:00 horas o balé das águas, é muito legal…vale uma visita!! Em relação aos preços, as coisas não são baratas. É claro que são bem mais em conta do que no Brasil, porem nada que se compare à Miami.

Até nosso próximo post!!

Beijos da Elaine e do Rodrigo

Sigam nosso Facebook: casalviagem.es

Acompanhem nossas postagens em nosso Instagram: @casalviagem.es

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *